[Notícias][6]

"JUSTIÇA"
"PREFEITÁVEL"
"Religião e Política"
´Polícia
2014
Ação Social
acidente
Advogado(s)
AGENDA DE HENRIQUE ALVES
AGENDA DOS CANDIDATOS
Agricultura
ANIVERSARIANTE DO DIA
Apodí
Aposentados
Aposentados...
Artísta
Artístas
Assalto(s)
Assu
Ator
Atriz
Bancos
Bancos/Financeiras
BELEZAS
BLO
Blogueiro
BRASIL
Brasília
Câmara dos Deputados
Câmara e Senado
CAMARA FEDERAL
CÂMARA FEDERAL
CÂMARA FEDERAL/SENADO FEDERAL
Câmara Municipal
CAMPANHA
Cantor
Cantora
cantores
Caraúbas
Carnaval
Celebridades
Chuva
Cidades
Ciência
Comunicação
Comunicado
Concurso Público
Congresso
Consumidor
CONVITE
COPA DO MUNDO/2014
Correios
CORRUPÇÃO
COTIDIANO
crime
Cultura
Curiosidades
Cursos
DADOS
Datas Comemorativas
Debate ao Governo
Debate Presidencial
Defesa Civil
DENÚNCIA
DEPUTADA FEDERAL
Deputado
Deputados Estaduais do RN
Dia a dia...
Dicas
Dilma
Drogas
Economia
Econômia
educação
Educadores
Eleições
Eleições 2014
Eleições 2014/RN
Eleições 2016
Eleições Municipais 2016
Eleições Municipais Segundo Turno
Eleições Presidencial
Eleições Suplementares
Emenda Parlamentar
Emprego
ENQUETE
Ensaio
Esporte
Estatísticas
Evento
EVENTOS
EX DEPUTADO
Ex governador
Ex Ministro
Ex Prefeito(a)
Ex presidente
Facebook
Famosos
Felipe Guerra
Feriados
FESTAS
Forró
Futebol
Gerais no RN
Governador
Governador do RN
Governadores
Governo
Governo do RN
Governo Federal
Greve
Henrique Alves
Humor
Humoristas
Impeachment
Incendio
Incêndio
Industria
Internet
Investigação
IPVA
itaú
ITAÚ/RN
Jogadores
Juiz(a)
JUS
Justiça
JUSTIÇA ELEITORAL
Leilão
Leis
LEVANTAMENTO
LEVANTAMENTO...
LGBT
LIGEIRINHAS...
Loteria
Martins
Médico
MENSALÃO
Ministro
Ministros
MMN
Mossoró
MP/RN
MPF
MPF/RN
MULTINÍVEL-MMN
Mundo
Mundo Animal
Natal
Natureza!
Nordeste
Nota de Esclarecimento.
Nota de Repúdio
Palestra
PATU
Pau dos ferros
Pesquisa
PIS/PASEP
Poder
Poder Legislativo Municipal
POL ROD ESTADUAL DO RN
POL TECNICA
POLICIA
polícia
POLICIA AMBIENTAL
POLÍCIA AMBIENTAL
Polícia Civil
Polícia Federal
Polícia Militar
POLICIA MILITAR DO RN
POLÍCIA ROD FEDERAL
POLÍCIAS
POLITICA
política
política do RN
Políticos
Políticos do rn
PREFEITÁVEIS
Prefeito
Prefeito(a)
Prefeitos
Prefeitura
Prefeituras
Presidenta
Presidente
Presidente da República
Presidente da República do Brasil
PRESIDENTE TEMER
Presídio
PRF
Processo Seletivo
Protesto
Protestos
Protestos...
PUBLICIDADES
Redes Sociais
Religião
Revista
Riacho da Cruz
Rodolfo Fernandes
Rosalba Ciarlini
Salário
Saúde
Saúde Pública
Seca
Secretário de Saúde
Secretário(a) de SPRN
Segurança Pública
Segurança Pública RN
Senado Federal
Senador
Senador(a)
Servidores do estado do RN
Servidores Federais
Servidores municipais
Severiano Melo
SOCIAL
STF
Taboleiro Grande
Tecnologia
Televisão
Trabalhador
Tragédia
Umarizal
vereador(a)
VEREADORES
Vestibular
Vice governador
Vice Presidente da República do Brasil
Vice-Prefeito(a)
VÍDEO
Violência

Palmeiras x Corinthians: cuidado com a ‘Lei do ex’ No passado, vários atletas com passagens pelos dois clubes marcaram no clássico paulista. Nesta quarta-feira, quatro atletas podem repetir o feito


Marquinhos Gabriel e Gabriel, ex-palmeirenses, e Willian e Bruno Henrique, ex-corintianos, podem decidir o clássico (Ale Frata/Ricardo Moreira/Folhapress; Cesar Greco/Fotoarena/Palmeiras; Renato Pizzutto/Dedoc)

Numa época em que atletas trocam constantemente de times, marcar um gol contra um ex-clube é algo tão comum que até já ganhou um nome: a lei do ex. Em clássicos, o fato é mais raro, mas também pode acontecer, inclusive nesta quarta-feira, no aguardado Palmeiras x Corinthians, no Allianz Parque, às 21h45, pelo Campeonato Brasileiro.

Quatro jogadores com passagens pelos dois clubes poderão estar em campo: pelo Palmeiras, Bruno Henrique e Willan; pelo Corinthians, Gabriel e Marquinhos Gabriel. O Palmeiras ainda tem o ex-zagueiro corintiano, Antônio Carlos, enquanto o Corinthians tem o ex-zagueiro palmeirense Vilson, mas ambos não devem entrar em campo no jogo.Na história do clássico, sete jogadores marcaram contra seus ex-clubes. Veja a lista abaixo:
Feitiço

O atacante Feitiço jogou pelo Corinthians em 1921 e entre 1932 e 1933. Defendeu o Palmeiras entre 1938 e 1939 e marcou dois gols em goleada palmeirense por 4 a 1 em jogo amistoso no ano de 1938.
Cláudio

O maior artilheiro da história corintiana, passou pelo Palmeiras entre 1942 e 1943. No rival, virou ídolo entre 1945 e 1957, marcando 21 gols no ex-clube, sendo o maior artilheiro da história do clássico.
Nardo

Jogou no Corinthians entre 1948 e 1951 e depois entre 1952 e 1955. Pelo Palmeiras, jogou entre 1956 e 1961 e marcou um gol em seu ex-clube, no empate em 3 a 3 pelo Troféu Roberto Ugolini.
Dino Sani

Revelado no Palmeiras em 1950, defendeu o Corinthians no fim de sua carreira, entre 1965 e 1968. Nesse período, marcou dois gols contra o clube que o revelou. O primeiro em vitória de 1 a 0 no Paulista de 1966 e outro no empate em 2 a 2 pelo Rio-São Paulo de 1967.
Neto

Após passar pelo Palmeiras em 1988, o meia transferiu-se para o Corinthians e tornou-se ídolo no rival entre os anos de 1989 e 1993. Marcou apenas um gol contra o Palmeiras, em vitória de 2 a 1 no Morumbi, na quarta rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro de 1990.


Rivaldo

Rivaldo é mais um ex-jogador a fazer muito sucesso no rival. Após um bom Brasileiro em 1993, pelo Corinthians, acabou negociado com o Palmeiras, clube que defendeu de 1994 a 1996. Marcou três gols na decisão do Brasileiro de 1994, dois no primeiro jogo e um no segundo, e ainda fez dois em empate por 2 a 2 no Campeonato Paulista de 1996.


Nilson

O centroavante Nilson defendeu o Corinthians entre 1992 e 1993. Entre 1995 e 1996, jogou pelo Palmeiras. Marcou seus dois gols justamente nos jogos finais de 1995, um no primeiro, outro no segundo. Apesar dos gols, o título ficou com o Corinthians.


Edmundo

Ídolo palmeirense entre 1993 e 1995, teve uma passagem rápida pelo Corinthians em 1996. Mesmo assim, marcou duas vezes contra o ex-clube. O primeiro foi em derrota por 3 a 1 no primeiro turno do Campeonato Paulistadaquele ano. O segundo, foi no empate em 2 a 2, no segundo turno, em que Rivaldo fez os dois para o Palmeiras. Na volta ao Palmeiras, entre 2006 e 2007, marcou dois gols em vitória de 3 a 0 pelo Campeonato Paulista de 2006.


Viola

Ao contrário de Edmundo, era ídolo corintiano. Revelado no clube, jogou de 1986 a 1989 e entre 1992 e 1995. Após passagem pelo futebol espanhol, voltou ao Palmeiras em 1996, ficando até o início de 1998. Contra o ex-clube, marcou dois gols. O primeiro em empate por 2 a 2, pelo Campeonato Brasileiro, no Morumbi. O outro, no empate por 2 a 2 na oitava rodada da primeira fase do Campeonato Paulista de 1997.


Edílson

Edílson foi campeão Paulista e Brasileiro pelo Palmeiras, entre 1993 e 1994, e em 1995. Pelo Corinthians, jogou de 1997 a 2000. Pelo time, marcou gols importantes contra seu ex-clube. O primeiro foi na Libertadores de 1999, em vitória de 2 a 0 no jogo de volta das quartas de final, que deu classificação ao Palmeiras nos pênaltis. O segundo foi no jogo de ida na final do Campeonato Paulista do mesmo ano, em vitória do Corinthians por 3 a 0. No segundo jogo da decisão, em empate por 2 a 2, voltou a marcar um gol – e ainda provocou uma confusão generalizada ao fazer embaixadinhas no fim da partida. O último veio em 2000, em vitória de 4 a 2, na sexta rodada da terceira fase.


Luizão

Luizão foi artilheiro do Palmeiras no Campeonato Paulista de 1996. Entre 1999 e 2002 jogou pelo Corinthians e conseguiu ainda mais identificação. Marcou seu primeiro gol no ex-clube em 1999, em derrota de 4 a 1 pelo Campeonato Brasileiro daquele ano. Em 2000, marcou dois gols no jogo de volta da semifinal da Copa Libertadores, na qual o Corinthians perdeu por 3 a 2 e acabou eliminado do torneio. O último, o primeiro em uma vitória, foi durante o Campeonato Paulista de 2001, na qual o Corinthians venceu por 2 a 1 em jogo na primeira fase do torneio. No Campeonato Brasileiro daquele ano, ele voltou a marcar em triunfo corintiano por 4 a 2.

Donizete Pantera
O atacante Donizete jogou pelo Corinthians em 1997, inclusive marcando gol contra o Palmeiras. Entre 2001 e 2002, jogou pelo Palmeiras e também fez gol em seu ex-time. Na derrota de 4 a 2 no Campeonato Brasileiro de 2001, o atacante marcou um dos gols palmeirenses.


Rogério

Campeão da Libertadores pelo Palmeiras, clube que defendeu de 1996 a 2000, Rogério marcou jogando pelo Corinthians, de pênalti, em empate por 2 a 2 no Brasileiro de 2 a 2 e em vitória de 4 a 2 no jogo de volta da semifinal do Paulista de 2003.


Alessandro

O lateral-direito Alessandro jogou em um curto período no Palmeiras, em 2003. No Corinthians, entre 2008 e 2013, marcou apenas um gol contra seu ex-clube, em vitória bastante significativa pelo Paulistão. O Corinthians acabara de ser eliminado da pré-Libertadores pelo Tolima e o técnico Tite estava ameaçado no cargo. No entanto, um gol de Alessandro definiu a vitória por 1 a 0, no Pacaembu, e acalmou o ambiente no time.


Vagner Love

Vágner Love foi revelado no Palmeiras 2002, jogando até 2004 e novamente em 2009. Em 2015, foi contratado pelo Corinthians e marcou um dos gols do clube no empate por 3 a 3 pelo Campeonato Brasileiro, conquistado pelo clube.

Placar/Veja

www.blogclaudiooliveira.com

Aqui você fica bem informado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

FAÇA UMA PESQUISA NO BLOGUE