[Notícias][6]

A AGONIA DOS PREFEITOS. Clima de tensão e perplexidade

Na presença dos senadores e da bancada dos deputados federais potiguares, os prefeitos confessaram as "agonias" financeiras que atravessam as atuais administrações.
A reunião organizada pela FEMURN nesta segunda feira, serviu para evidenciar o "calvário" dos atuais gestores. Que na maioria dos casos, não conseguem pagar nem a folha salarial corrente.
A prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini disse: "A situação é muito difícil. Tem se tornado inviável administrarmos as cidades...O momento é de calamidade".
O prefeito de Patú Rivelino Câmara afirmou: "...Não estamos conseguindo pagar a folha; nossos fornecedores e nosso povo".
A crise econômica no âmbito nacional; associada a crise hídrica regional e a queda nas receitas do FPM. Tem levado as prefeituras à condição de risco administrativo.
Em Carnaubais por exemplo, a industria agrícola que gerava centenas de empregos em anos anteriores e ajudava na circulação do dinheiro no comércio. Fecheram as portas devido a falta d'agua para produção, causando um desemprego sem precedentes na cidade.
O Dr Thiago Meira como estratégia para aquecer o mercado local, tem feito um esforço incomum para manter a folha salarial dentro do mês. Além do investimento pesado em políticas de estado como saúde e educação.
A esperança dos prefeitos é um novo pacto federativo e uma reforma tributária. Para amenizar as pressões sobre os cofres municipais.

ASSECOM - Assessoria de comunicação.

www.blogclaudiooliveira.com

Aqui você fica bem informado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

FAÇA UMA PESQUISA NO BLOGUE