[Notícias][6]

"JUSTIÇA"
"PREFEITÁVEL"
"Religião e Política"
´Polícia
2014
Ação Social
acidente
Advogado(s)
AGENDA DE HENRIQUE ALVES
AGENDA DOS CANDIDATOS
Agricultura
ANIVERSARIANTE DO DIA
Apodí
Aposentados
Aposentados...
Artísta
Artístas
Assalto(s)
Assu
Ator
Atriz
Bancos
Bancos/Financeiras
BELEZAS
BLO
Blogueiro
BRASIL
Brasília
Câmara dos Deputados
Câmara e Senado
CAMARA FEDERAL
CÂMARA FEDERAL
CÂMARA FEDERAL/SENADO FEDERAL
Câmara Municipal
CAMPANHA
Cantor
Cantora
cantores
Caraúbas
Carnaval
Celebridades
Chuva
Cidades
Ciência
Comunicação
Comunicado
Concurso Público
Congresso
Consumidor
CONVITE
COPA DO MUNDO/2014
Correios
CORRUPÇÃO
COTIDIANO
crime
Cultura
Curiosidades
Cursos
DADOS
Datas Comemorativas
Debate ao Governo
Debate Presidencial
Defesa Civil
DENÚNCIA
DEPUTADA FEDERAL
Deputado
Deputados Estaduais do RN
Dia a dia...
Dicas
Dilma
Drogas
Economia
Econômia
educação
Educadores
Eleições
Eleições 2014
Eleições 2014/RN
Eleições 2016
Eleições Municipais 2016
Eleições Municipais Segundo Turno
Eleições Presidencial
Eleições Suplementares
Emenda Parlamentar
Emprego
ENQUETE
Ensaio
Esporte
Estatísticas
Evento
EVENTOS
EX DEPUTADO
Ex governador
Ex Ministro
Ex Prefeito(a)
Ex presidente
Facebook
Famosos
Felipe Guerra
Feriados
FESTAS
Forró
Futebol
Gerais no RN
Governador
Governador do RN
Governadores
Governo
Governo do RN
Governo Federal
Greve
Henrique Alves
Humor
Humoristas
Impeachment
Incendio
Incêndio
Industria
Internet
Investigação
IPVA
itaú
ITAÚ/RN
Jogadores
Juiz(a)
JUS
Justiça
JUSTIÇA ELEITORAL
Leilão
Leis
LEVANTAMENTO
LEVANTAMENTO...
LGBT
LIGEIRINHAS...
Loteria
Martins
Médico
MENSALÃO
Ministro
Ministros
MMN
Mossoró
MP/RN
MPF
MPF/RN
MULTINÍVEL-MMN
Mundo
Mundo Animal
Natal
Natureza!
Nordeste
Nota de Esclarecimento.
Nota de Repúdio
Palestra
PATU
Pau dos ferros
Pesquisa
PIS/PASEP
Poder
Poder Legislativo Municipal
POL ROD ESTADUAL DO RN
POL TECNICA
POLICIA
polícia
POLICIA AMBIENTAL
POLÍCIA AMBIENTAL
Polícia Civil
Polícia Federal
Polícia Militar
POLICIA MILITAR DO RN
POLÍCIA ROD FEDERAL
POLÍCIAS
POLITICA
política
política do RN
Políticos
Políticos do rn
PREFEITÁVEIS
Prefeito
Prefeito(a)
Prefeitos
Prefeitura
Prefeituras
Presidenta
Presidente
Presidente da República
Presidente da República do Brasil
PRESIDENTE TEMER
Presídio
PRF
Processo Seletivo
Protesto
Protestos
Protestos...
PUBLICIDADES
Redes Sociais
Religião
Revista
Riacho da Cruz
Rodolfo Fernandes
Rosalba Ciarlini
Salário
Saúde
Saúde Pública
Seca
Secretário de Saúde
Secretário(a) de SPRN
Segurança Pública
Segurança Pública RN
Senado Federal
Senador
Senador(a)
Servidores do estado do RN
Servidores Federais
Servidores municipais
Severiano Melo
SOCIAL
STF
Taboleiro Grande
Tecnologia
Televisão
Trabalhador
Tragédia
Umarizal
vereador(a)
VEREADORES
Vestibular
Vice governador
Vice Presidente da República do Brasil
Vice-Prefeito(a)
VÍDEO
Violência

Crise no RN: Governo do Estado admite que deve R$ 318 milhões de duodécimo aos Poderes Desde julho que o Governo do Estado não realiza o repasse integral do duodécimo ao Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas, Assembleia Legislativa e Ministério Público. Instituições entram com mandado de segurança para garantir os repasses em dia

Conselheiro Gilberto Jales, presidente do TCE-RN, teme atraso de salário e do décimo-terceiroJORNAL DE FATO
O Governo do Estado do Rio Grande do Norte não faz o repasse integral do duodécimo aos Poderes desde o mês de junho, acumulando uma dívida de R$ 318 milhões. Por consequência, estabeleceu crise de relacionamento com essas instituições, que decidiram judicializar a cobrança. O governo admite a falha, mas coloca a responsabilidade para a “crise financeira” que afeta o cofre do Estado.

O Tribunal de Justiça (TJRN), Assembleia Legislativa, Tribunal de Contas (TCE-RN) e Ministério Público ingressaram com mandados de segurança para que o Estado seja obrigado a repassar, em dia, o duodécimo referente a cada poder/instituição. Se sustentam no artigo 168 da Constituição Federal, que estabelece que o repasse deve ser feito até o dia 20 de cada mês.

O primeiro mandado de segurança foi protocolado pelo MPRN junto ao Tribunal de Justiça no dia 6 deste mês. Em seguida, a Assembleia Legislativa e o TCE fizeram o mesmo. Já o TJRN entrou com o pedido no Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília.

As queixas são intensas, conforme o conteúdo dos próprios mandados. A Assembleia Legislativa reclama que não recebe os repasses devidamente desde julho. Por consequência, a Casa começa a acumular problemas e dificuldades para honrar compromisso. A ação da ALRN exige ainda que o governo “se abstenha de repassar valores a menos daqueles previstos nas leis orçamentárias nos meses subsequentes”.

Já o presidente do Tribunal de Contas, conselheiro Gilberto Jales, mostrou-se bastante preocupado com a situação, ao afirmar, em entrevista recente, que se o problema persistir, corre o risco de, além de não pagar salários e o décimo terceiro, não sustentar atividades básicas da Corte.

O Governo do Estado, em nota, argumenta que as sobras orçamentárias (superávit) dos poderes relacionado ao duodécimo de 2016 foram de aproximadamente R$ 400 milhões, o que sugere que as instituições têm condições de enfrentar o momento difícil. Inclusive, o governador Robinson Faria (PSD) não esconde a opinião de que os poderes devem retornar as sobras ao cofre do Estado, para que os recursos possam ser aplicados em áreas vitais, como saúde, educação e segurança pública.

Ainda na nota, o governo diz que só foi notificado acerca do mandado de segurança impetrado pelo Ministério Público. "Quanto a ele, está em curso uma conciliação entre as partes, e o Governo está confiante em um entendimento. Com relação aos outros poderes, não há conhecimento de ação semelhante", informou.

"O governo tem sido transparente e, atualmente, existe um ambiente de diálogo constante entre os Poderes, com o acompanhamento conjunto da situação financeira e fiscal do Estado", concluiu.

O QUE É DUODÉCIMO
São valores repassados pelo governo aos poderes e instituições – é um repasse devido e obrigatório aos Poderes Legislativo e Judiciário, Ministério Público e Defensoria Pública, que não têm renda própria. Os recursos recebidos devem ser utilizados para o pagamento de funcionários e atendimento às necessidades financeiras de cada poder/instituição.

www.blogclaudiooliveira.com

Aqui você fica bem informado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

FAÇA UMA PESQUISA NO BLOGUE