[Notícias][6]

DENÚNCIA: Maestro Campo-grandense encerra os trabalhos por falta de pagamento da Prefeitura de Umarizal/RN

Maestro Danilo Wanduyne - Foto: Divulgação
Neste último sábado (28/OUT), o Maestro da Banda Filarmônica de Umarizal-RN, Danilo Wanduyne, externou em sua rede social (Facebook) a sua total indignação por parte da Srª Prefeita Municipal de Umarizal, Elijane Paiva, por não está cumprindo com o seu pagamento mensal como assim foi acordado, pela chefe do executivo.

Formado em Música pela UERN e com vários cursos na área, Danilo Wanduyne, desempenha o seu trabalho a vários anos com muita dedicação e amor por que faz.

“E nessa trajetória tive o prazer de ajudar a mudar o cotidiano e o futuro de centenas de crianças, jovens e adolescentes não só na minha cidade Campo Grande-RN, como também em Paraú, Janduís, Messias Targino, Olho d'água do Borges e na comunidade Bom Jesus”, destacou o Maestro.

O maestro em sua publicação também destacou a grande dificuldade que não só ele vem passando como maestro, mas como também os seus colegas.

“A maioria dos meus amigos maestros passamos por uma situação crítica em nosso estado, que nos fazem desacreditar em um mundo melhor”, externou.

Em 4 de agosto de 2015 (Aproximadamente) foi dado início ao Projeto Bandas Filarmônicas na cidade de Umarizal-RN, projeto do Governo do Estado do RN, que foi conseguido através da Organização para Cidadania e Desenvolvimento de Umarizal - Terezinha de Souza Fonseca - OCIDESF, com o apoio da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus.

“Desde o período citado até os dias atuais a nossa banda de música tem envolvido crianças, jovens e até adultos, onde montamos toda uma equipe capacitada para melhor atender a todos os interessados em participar do projeto. Em agosto de 2015 iniciei minhas aulas teóricas, onde duraram dois meses e tive que interromper as aulas, pois a prefeitura tinha firmado um compromisso de pagar o maestro e isso não aconteceu, mesmo o pagamento e o apoio a banda sendo uma lei municipal assinada por toda câmara de vereadores. Quase dois anos parados e com nossas crianças frustradas mas esperando esperançosas em fazer suas aulas de música e pegar um instrumento, fizemos um contato com a nova gestão da prefeitura de Umarizal, fechamos valores abaixo do que o projeto manda e iniciamos nossas aulas no mês de Junho de 2017, onde tivemos que parar novamente por falta de pagamento. Em agosto recebo uma ligação do esposo da prefeita, onde o mesmo me garante salários em dia se caso eu baixasse mais ainda o meu salário, (O salário de um maestro formado são dois salários mínimos mensais, aproximadamente R$ 2.000,00 ele baixou pra R$ 1.200,00 onde tem um desconto de R$ 117,00 de impostos, mais R$ 250,00 de combustível, mais minha alimentação que varia de R$ 200,00 mensais, fora uma pessoa que levo pra me ajudar, sem contar que durmo na casa dos amigos, se fosse pagar pousada, não sobraria nada). Baixei o salário pensando em desenvolver o trabalho e ajudar as crianças e futuramente ser reconhecido, mas mais uma vez não recebo nada por parte da prefeitura e infelizmente, mesmo com o interesse dos alunos com seus instrumentos em casa estudando diariamente irei parar as aulas novamente”, Externou tristemente o Maestro em sua rede social facebook.

O maestro ainda frisa que esse projeto da Banda Filarmônica é um dos maiores bens que uma cidade pode ter, pois trabalha-se nos 3 pilares que formam um cidadão de bem que é Educação, Assistência Social e Cultura.

Segundo a publicação do Maestro, a Prefeitura Municipal de Umarizal pegou o projeto já pronto, com R$ 90.000,00 em instrumentos, com a contrapartida de R$ 9.000,00 que era pra ser paga pela prefeitura, mas já paga pela paróquia.

“Um maestro que resolveu trabalhar pela metade do preço com uma equipe capacitada em não medir esforços para o bem das nossas crianças que são o futuro da nossa sociedade. Prezada gestora não desperdice a oportunidade de fazer o mínimo pelo futuro da cidade que lhe foi confiada pelos seus munícipes, que a Srª (Com todo respeito) aprenda que a Banda Filarmônica não forma apenas músicos, e que poucas coisas, incluídas no vasto campo do conhecimento, são tão importantes à formação tanto da inteligência, quanto do caráter, como o aprendizado da música. Vou sair com a certeza de dever cumprido, e que vocês meus alunos e amantes da cultura Norte Rio Grandense possamos lutar e acreditar que dias melhores virão. Obrigado”, finalizou o Maestro Danilo.

Do Blog:
Queremos aqui comunicar que o nosso espaço está aberto para algum esclarecimento caso a Prefeita deseje fazer. 

Via: CG Na Mídia/Evandro Lima/Danilo Wanduyne

www.blogclaudiooliveira.com

O seu portal de notícias!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

FAÇA UMA PESQUISA NO BLOGUE