[Notícias][6]

Em Mossoró,servidor sem reajuste acusa governo de inchar prefeitura

Governo e entidade tiveram reunião sem avanço (Foto: PMM)
“A prefeita Rosalba Ciarlini (PP) quer que o servidor efetivo pague a conta da Prefeitura de Mossoró com os comissionados e contratos”. A frase é viralizada nas redes sociais pela presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM), Marleide Cunha.

A entidade reuniu-se à tarde passada com representantes do governo para tratar de impasse financeiro entre os servidores e a gestão municipal. Saiu decepcionada.

A promessa de dar pelo menos um reajuste salarial de 3,93%, aos servidores, encolheu mais ainda.

Durante a reunião foi explicado que o município não pode conceder nenhum tipo de reajuste, já que ainda está acima da Lei de Responsabilidade Fiscal. “Recebemos da gestão passada o município com a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) em 64%. Atualmente o município compromete um pouco mais que 54% da sua receita com despesa de pessoal. Então, tendo em vista essa situação, não se pode fazer nenhum tipo de reajuste salarial. Isso foi explicado e apresentado inclusive com os números”, explicou Anselmo Carvalho.

Também asseverou que houve recuo na receita do erário.

O Sindiserpum vem de uma greve pífia, sem qualquer resultado prático. Parece sem forçar para reagir ao discurso e aos argumentos do governo.


Leia também: “Greve sindical” chega ao fim de forma melancólica AQUI;

Leia também: Arrocha, Rosalba! AQUI.

Via: Carlos Santos

www.blogclaudiooliveira.com

Aqui você fica bem informado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

FAÇA UMA PESQUISA NO BLOGUE