[Notícias][6]

"JUSTIÇA"
"PREFEITÁVEL"
"Religião e Política"
´Polícia
2014
Ação Social
acidente
Advogado(s)
AGENDA DE HENRIQUE ALVES
AGENDA DOS CANDIDATOS
Agricultura
ANIVERSARIANTE DO DIA
Apodí
Aposentados
Aposentados...
Artísta
Artístas
Assalto(s)
Assu
Ator
Atriz
Bancos
Bancos/Financeiras
BELEZAS
BLO
Blogueiro
BRASIL
Brasília
Câmara dos Deputados
Câmara e Senado
CAMARA FEDERAL
CÂMARA FEDERAL
CÂMARA FEDERAL/SENADO FEDERAL
Câmara Municipal
CAMPANHA
Cantor
Cantora
cantores
Caraúbas
Carnaval
Celebridades
Chuva
Cidades
Ciência
Comunicação
Comunicado
Concurso Público
Congresso
Consumidor
CONVITE
COPA DO MUNDO/2014
Correios
CORRUPÇÃO
COTIDIANO
crime
Cultura
Curiosidades
Cursos
DADOS
Datas Comemorativas
Debate ao Governo
Debate Presidencial
Defesa Civil
DENÚNCIA
DEPUTADA FEDERAL
Deputado
Deputados Estaduais do RN
Dia a dia...
Dicas
Dilma
Drogas
Economia
Econômia
educação
Educadores
Eleições
Eleições 2014
Eleições 2014/RN
Eleições 2016
Eleições Municipais 2016
Eleições Municipais Segundo Turno
Eleições Presidencial
Eleições Suplementares
Emenda Parlamentar
Emprego
ENQUETE
Ensaio
Esporte
Estatísticas
Evento
EVENTOS
EX DEPUTADO
Ex governador
Ex Ministro
Ex Prefeito(a)
Ex presidente
Facebook
Famosos
Felipe Guerra
Feriados
FESTAS
Forró
Futebol
Gerais no RN
Governador
Governador do RN
Governadores
Governo
Governo do RN
Governo Federal
Greve
Henrique Alves
Humor
Humoristas
Impeachment
Incendio
Incêndio
Industria
Internet
Investigação
IPVA
itaú
ITAÚ/RN
Jogadores
Juiz(a)
JUS
Justiça
JUSTIÇA ELEITORAL
Leilão
Leis
LEVANTAMENTO
LEVANTAMENTO...
LGBT
LIGEIRINHAS...
Loteria
Martins
Médico
MENSALÃO
Ministro
Ministros
MMN
Mossoró
MP/RN
MPF
MPF/RN
MULTINÍVEL-MMN
Mundo
Mundo Animal
Natal
Natureza!
Nordeste
Nota de Esclarecimento.
Nota de Repúdio
Palestra
PATU
Pau dos ferros
Pesquisa
PIS/PASEP
Poder
Poder Legislativo Municipal
POL ROD ESTADUAL DO RN
POL TECNICA
POLICIA
polícia
POLICIA AMBIENTAL
POLÍCIA AMBIENTAL
Polícia Civil
Polícia Federal
Polícia Militar
POLICIA MILITAR DO RN
POLÍCIA ROD FEDERAL
POLÍCIAS
POLITICA
política
política do RN
Políticos
Políticos do rn
PREFEITÁVEIS
Prefeito
Prefeito(a)
Prefeitos
Prefeitura
Prefeituras
Presidenta
Presidente
Presidente da República
Presidente da República do Brasil
PRESIDENTE TEMER
Presídio
PRF
Processo Seletivo
Protesto
Protestos
Protestos...
PUBLICIDADES
Redes Sociais
Religião
Revista
Riacho da Cruz
Rodolfo Fernandes
Rosalba Ciarlini
Salário
Saúde
Saúde Pública
Seca
Secretário de Saúde
Secretário(a) de SPRN
Segurança Pública
Segurança Pública RN
Senado Federal
Senador
Senador(a)
Servidores do estado do RN
Servidores Federais
Servidores municipais
Severiano Melo
SOCIAL
STF
Taboleiro Grande
Tecnologia
Televisão
Trabalhador
Tragédia
Umarizal
vereador(a)
VEREADORES
Vestibular
Vice governador
Vice Presidente da República do Brasil
Vice-Prefeito(a)
VÍDEO
Violência

9 coisas para não fazer em um encontro quem podem destruir todas as chances com aquela pessoa

Qual é o primeiro pensamento que surge quando você está refletindo sobre sua vida amorosa? Se a resposta for sobre o por que de você nunca ser chamado para um próximo encontro, talvez seja hora de rever algumas atitudes. Existem algumas situações que são matadoras — literalmente — na hora do romance e podem destruir todas as chances com aquela pessoa.

Veja algumas dicas para não errar:

1. Ficar no celular
Imagine a seguinte situação: você está sentado em um bar para um encontro e contanto a história mais engraçada que conseguiu lembrar, porém a pessoa a sua frente não está prestando atenção porque está mexendo no celular. Com certeza isso vai te deixar chateado.

Na era das mídias sociais e dos smarthphones, essa atitude é tão comum que ganhou até um nome em inglês: “Sidebarring”, que traduzido livremente é algo como “deixar de lado” e significa exatamente socializar mais nas redes do que com a pessoa que você saiu. Mesmo sendo um hábito, é uma atitude que quebra o clima.

Uma pesquisa realizada pelo Facebook em diversos países indica que pelo menos 71% das pessoas são culpadas de não dar atenção aos outros por ficarem no celular. Por isso, procure deixar os aparelhos eletrônicos desligados ou longe do seu olhar.
2. Falar do ex
Esperamos que já tenha percebido isso, mas um potencial namorado não quer ouvir sobre as aventuras que você e seu ex tiveram juntos, especialmente em um encontro. Eventuralmente, se o relacionamento for pra frente, o assunto vai surgir, mas na fase inicial é desagradável, então não fale sobre isso.
3. Pesquisar a pessoa nas redes sociais
Na linguagem da internet, “stalkear” significa procurar informações sobre aquela pessoa em redes sociais. E provavelmente, ao conhecer alguém, você vai querer saber sobre onde ela estudou, onde trabalha e até mesmo procurar por amigos em comum, mas essa pode não ser a melhor escolha.

Em entrevista ao “Buzzfeed”, a psicoterapeuta Rachel Sussman afirma que essa atitude não é sábia. A especialista adverte que muito do que você encontra online pode ser falso e, portanto, pode construir uma série de falsos preconceitos antes mesmo de encontrar a pessoa cara a cara uma segunda vez.

Ao invés disso, que tal perguntar essas informações para seu date? Isso vai fazer com que você pareça interessado e pode até descobrir experiências em comum e, principalmente, coisas que as redes sociais não podem te contar.
4. Fazer joguinhos
Se você está pensando “vou demorar mais um tempo para parecer ocupado”, não faça. E para aqueles que não estão familiarizados com este termo, quando falamos de “joguinhos” nos referimos ao processo de ficar esperando para responder uma mensagem para que a outra pessoa pense que você é muito legal ou importante demais para responder imediatamente.

Obviamente, não tem problema se você for algumas dessas coisas, mas não deixe o medo de parecer “muito interessado” te impedir de responder a uma mensagem quando você sentir vontade.
5. Ter um checklist
Se essa for a primeira vez que vocês estão saindo juntos, é importante não ter uma “lista de qualidades” em mente. Sim, é importante saber o que procurar em uma pessoa, mas não vá à todos os encontros com quatro pedras na mão pedindo para que a pessoa fale sobre ideologias políticas ou perguntando se ela tem um histórico familiar de diabetes.

De acordo com especialistas, ter essa “lista restritiva” pode impedir que você conheça alguém corretamente. A dica é ter uma mente aberta quando for conhecer alguém e não ser tão rigoroso consigo mesmo ou com as outras pessoas.
6. Revelar demais sobre você
Embora seja importante ser você mesmo quando está saindo com alguém, pode não ser muito interessante revelar sua vida toda logo no começo da relação. Além de parecer que você é um pouco narcisista que não pode deixar de falar sobre si mesmo, também pode ser um pouco demais e intimidador.

Revele as coisas lentamente, conforme vocês marcam mais vezes de se encontrar e, também, ao longo que a intimidade for crescendo. Desta forma as informações que você compartilha vão sair de uma forma natural e ambos estarão interessados no assunto.
7. Falar mais do que ouvir
Seguindo a linha da sugestão anterior, também não é legal só falar e não ouvir o que a outra pessoa tem a dizer. Esse é um dos maiores erros cometidos na hora de sair com alguém, especialmente porque não mostra interesse nenhum em saber quem a pessoa é ou do que ela gosta.

Se perceber que está falando demais, tente dar uma pausa e perguntar sobre algo que queira saber do outro. Pode ser sobre o trabalho, os estudos, a família e até mesmo se ela gosta daquela sua banda ou filme preferido. Quem sabe assim vocês não encontram algo que os dois possam conversar sobre?
8. Julgar alguém depois do primeiro encontro
Como se sente após um longo dia de trabalho? Talvez isso seja uma coisa a ser considerada se você marca de sair no meio da semana e a outra pessoa não parece tão animada. Se isso acontecer, tente dar uma segunda (e até mesmo uma terceira) chance.

No entanto, se essas chances já passaram e você realmente não conseguiu sentir que as coisas mudaram, então é preciso ser sincero e dizer a verdade — tanto para você mesmo, quanto para a outra pessoa.
9. Ser pessimista
Se você está realmente determinado a encontrar um amor para chamar de seu, não fique achando que você vai continuar solteiro pelo resto da vida porque aquela saída não deu certo. É comum ter pensamentos negativos sobre namoro ou achar que aquela pessoa não combina tanto com você porque não houve uma “conexão instantânea”.

Claro é frustrante quando um encontro (ou vários) não termina bem — e essa é uma maneira totalmente normal e saudável de reagir. Mas esse tipo de comentário cria uma atitude ruim e um preconceito sobre dar novas chances. Por isso, é importante não se deixar abater.

www.blogclaudiooliveira.com

Aqui você fica bem informado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

FAÇA UMA PESQUISA NO BLOGUE