[Notícias][6]

Dívida da Petrobras no fim de 2018 será 2,5 vezes superior à geração de caixa, diz Pedro Parente


O presidente da Petrobras, Pedro Parente, afirmou nesta quinta-feira (21) que a estatal deverá fechar o ano de 2018 com a dívida líquida 2,5 vezes superior à geração de caixa.
A previsão foi dada durante apresentação do Plano de Negócios 2018-2022, que prevê US$ 74,5 bilhões em investimentos nos próximos quatro anos.

Atualmente, a dívida líquida da Petrobras é de US$ 88 bilhões, 3,2 vezes superior à geração de caixa, segundo os dados referentes ao terceiro trimestre deste ano.
Pela previsão apresentada por Pedro Parente nesta quinta, o endividamento líquido da empresa deverá cair para US$ 77 bilhões.

Parente afirmou ainda que, até 2022, a Petrobras alcançará a média das principais empresas de óleo e gás do mundo na questão da dívida líquida, chegando à “saúde financeira”.

“No horizonte do nosso plano, a gente antecipa que a gente possa estar na média das principais empresas, e essa média hoje é de em torno de 1,5 ou 1,6 a geração operacional de caixa”, explicou.

G1

www.blogclaudiooliveira.com

Aqui você fica bem informado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

FAÇA UMA PESQUISA NO BLOGUE