[Notícias][6]

Ocupação continua Sindicalistas não conseguem audiência com Ezequiel e pretendem “dormir” na Assembleia Grupo de servidores grevistas ocupa a antessala da presidência do Legislativo desde as primeiras horas da tarde, exigindo audiência com Ezequiel Ferreira

Érica Galvão
Grevistas estão nas dependências da Casa desde as primeiras horas da tardeTiago Rebolo

Os servidores estaduais da saúde e da Universidade Estadual da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte pretendem permanecer nas dependências da Assembleia Legislativa até que as categorias sejam atendidas pelo presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB). Um grupo de servidores grevistas ocupa a antessala da presidência do Legislativo desde as primeiras horas da tarde desta segunda-feira, 4.

De acordo com o coordenador do Sindsaúde, Manoel Egídio Júnior, os servidores vão “dormir” na Assembleia se não houver resposta às suas reivindicações.

A ocupação começou após uma audiência pública realizada na Assembleia Legislativa para discutir a reforma da Previdência. Participaram do encontro, que foi organizado pelo deputado Fernando Mineiro (PT), servidores da saúde, professores da UERN, representantes de sindicatos e da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Anfip).

Os servidores reivindicam o pagamento dos salários atrasados e a retirada dos projetos do governo relacionados ao aumento da alíquota de contribuição previdenciária, de 11% para 14%. A disposição das categorias é continuar a ocupação até serem atendidas.

“O pagamento de outubro ainda não foi concluído e o de novembro já está atrasado. Como não temos diálogo com o governo, estamos aqui tentando contato com o presidente da Assembleia, para que que possamos debater a situação salarial dos servidores”, disse ao Portal Agora RN o coordenador-geral do Sindsaúde, Manoel Egídio Júnior.

Segundo Egídio, apenas o deputado Fernando Mineiro (PT) conversou com os manifestantes até o momento. O petista prometeu levar a reivindicação dos sindicalistas a Ezequiel Ferreira.

A reportagem do Portal Agora RN procurou a Assembleia Legislativa, que ainda não se manifestou oficialmente sobre o assunto.

Via: Agora RN

www.blogclaudiooliveira.com

O seu portal de notícias!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

FAÇA UMA PESQUISA NO BLOGUE