[Notícias][6]

Dados oficiais: Ação do tráfico foi responsável por mais de 60% dos assassinatos no RN em 2017 Ao todo, foram registrados 2.383 crimes violentos em solo potiguar no último ano, dos quais 1.441 foram classificados como consequência da ação do tráfico

José Aldenir / Agora Imagens
Chacina realizada no bairro das Rocas, em NatalRedação

Dados divulgados no último dia 10 de janeiro pela Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais (COINE) da Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) sobre os números finais dos Crimes Violentos Letais Intencionais registrados no Rio Grande do Norte em 2017 apontam que 60,5% dos CVLIs contabilizados no estado foram influenciados por ação de tráfico de drogas.

Ao todo, foram registrados 2.383 crimes violentos em solo potiguar no último ano (dado 20,4% maior do que o registrado em 2016), dos quais 1.441 foram classificados pela Secretaria de Segurança como consequência da ação do tráfico. A segunda classificação mais apontada como causas dos crimes foi a violência interpessoal, que registrou 421 casos (17,7% do número total).

Também aparecem no relatório da COINE casos de mortes violentas classificadas por violência patrimonial (7,1% do número geral), ação típica de Estado (5,8%) e “outras” (2,5%). Vale lembrar, no entanto, que 6,3% dos CVLIs aparecem no relatório com a macrocausa ainda “não identificada”.

Tipologia

Ainda segundo os números divulgados pela Secretaria de Segurança, 77,1% dos crimes violentos letais intencionais contabilizados no RN em 2017 foram classificados como homicídio (1.837 casos). A segunda tipologia com maior número de registros foi a lesão corporal seguida de morte, com 12,6%. Em seguida aparece a ação típica de Estado, com 5,8%, latrocínio (3,5%) e feminicídio (1%).

Agora RN

www.blogclaudiooliveira.com

O seu portal de notícias!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

FAÇA UMA PESQUISA NO BLOGUE