[Notícias][6]

Leucemia: Morre em Recife o ex-jogador de futebol Paulo Júnior

Faleceu à manhã de hoje (sexta-feira, 2), em Recife-PE, aos 33 anos, o ex-jogador de futebol Paulo Júnior. Tinha leucemia.

Ele atuou no Potiguar (campeão estadual em 2004), Baraúnas e no América no estado do RN, além de Campinense-PB e Salgueiro-PE.

Paulo Júnior teve que precipitar fim da carreira profissional ao descobrir a doença em 2015 (Foto: Web)
Em 2015, após uma temporada jogando em países do Oriente Médio, Europa e Ásia, Paulo Júnior (que era centroavante) assinou contrato com o Salgueiro-PE. Foi no clube que a doença se manifestou.

Foi submetido a tratamento e implante de medula óssea, conseguindo superar a doença. Apesar disso, encerrou sua carreira profissional.

Mas ocorreu a recidiva no final do ano passado.

Acabou internado no Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (IMIP), em Recife-PE, instituição filantrópica que atua nas áreas de assistência médico-social, ensino, pesquisa e extensão comunitária.

Solidariedade

Mobilização de amigos e pessoas que sequer o conheciam, em Mossoró, chegaram a levar caravanas de doadores de sangue à capital pernambucana, para colaborarem com sua recuperação.

Fora do Brasil, Paulo Júnior jogou futebol em países como Bahrein (Golfo Pérsico), Omã, Emirados Árabes Unidos, além de Coreia do Sul e França.

Voltou ao Brasil e, antes de atuar no time pernambucano, esteve no América de Natal e Campinense.


Após o fim precoce de sua carreira, ele passou a investir na área comercial em Mossoró ao lado de sua esposa Sânzia, além de intermediar negociação de jovens atletas para o exterior.

Também atuou como gerente de futebol do Mossoró Esporte Clube, em projeto que ano passado tentava levar equipe de volta à Primeira Divisão do futebol do RN.

Ainda não há informações quanto ao translado do corpo, velório e sepultamento.

* Leucemia – É um câncer maligno que começa na medula óssea, onde as células sanguíneas são produzidas. Os leucócitos (glóbulos brancos) são as células acometidas, o que faz com que se reproduzam descontroladamente, gerando sintomas e sinais da doença.

Carlos Santos

www.blogclaudiooliveira.com

Aqui você fica bem informado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

FAÇA UMA PESQUISA NO BLOGUE