[Notícias][6]

Na volta ao Rio, Cabral ficará preso em Bangu 8

Ex-governador Sérgio Cabral com os pés e mãos algemados durante transferência para Curitiba Foto: Geraldo Bubniak / O Globo - 23-01-2018Daniel Biasetto

Passados três meses desde sua transferência para Curitiba, o ex-governador Sérgio Cabral voltará ao Rio e será levado para a Cadeia Pública Pedrolino Werling de Oliveira (Bangu 8). Cabral saiu do Paraná por volta de 17h30m. Ontem, por três votos a um, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou o retorno de Cabral.

(Correção: a primeira versão deste texto informava que Cabral seria levado para a cadeia pública de Benfica. A informação foi corrigida às 18h20m)A decisão sobre o destino dos presos no Rio cabe à secretaria de Administração Penitenciária. No caso de Cabral, foi levado em conta que ele já foi condenado pela Justiça em primeira instância.

A Justiça Federal de Curitiba já recebeu a notificação do Supremo e o ex-governador deve ser transferido ainda nesta quarta-feira ao Rio. A ordem da nova transferência foi determinada pelo juiz Sergio Moro, que acrescentou à decisão que a viagem seja feita sem algemas. Apesar de voltar ao presídio de Benfica, não está descartada uma nova transferência do ex-governador nos próximos dias para outra unidade prisional, no Complexo de Gericinó, em Bangu 8.

O relator do caso no STF, ministro Gilmar Mendes, também determinou a instauração de investigação para apurar o uso de algemas durante a transferência de Cabral do Rio para Curitiba.

Ala onde estava Cabral tinha privilégios"Alerte-o de que o transporte do preso deve ser realizado sem algemas, independentemente de eventuais riscos, já que assim determinado pela 2ª Turma do Egrégio STF", escreveu Moro ao determinar que a Polícia Federal seja comunicada com urgência sobre efetivação da transferência do ex-governador.

Alvo da Lava-Jato, ele tinha sido transferido em janeiro deste ano para o Complexo Médico-Penal em Pinhais, no Paraná, após suspeitas de regalias no presídio de Benfica, no armanezamento de comidas fora do cardápio como camarões, bolinhos de bacalhau e queijos, além de iogurtes e refrigerantes. Já durante os seis meses em que passou preso em Bangu 8, Cabral também recebeu privilégios.

No ano passado, imagens de câmeras de vigilância de Bangu 8, apreendidas pela Vara de Execuções Penais do Rio (VEP), comprovaram que o ex-governador gozava de regalias incomuns entre os presos, tais como banho de sol e atividades ao ar livre estendidos, sempre circulando livremente na quadra, nos corredores e até fora da área reservada aos presos, além de receber encomendas não permitidas e visitas fora de hora. No fim de maio, Cabral e outros detentos foram transferidos para Benfica

VAI E VOLTA
Em vídeo, Cabral circula pela área externa de presídio e recebe pacoteA saída de Cabral da penitenciária em Benfica para um presídio federal havia sido determinada pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, decisão que foi ratificada pelo desembargador Abel Gomes, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, em outubro do ano passado. O Departamento Penitenciário Nacional, vinculado ao Ministério da Justiça, escolheu a cadeia de Campo Grande para receber o ex-governador, uma das quatro do sistema penitenciário federal. No entanto, a transferência acabou negada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes.

O pedido de transferência foi feito pelo Ministério Público Federal (MPF) após Cabral ser ouvido, na segunda-feira, em audiência do processo em que o ex-governador é acusado de lavar dinheiro por meio da compra de joias da H. Stern. Durante a audiência, Cabral fez referência ao fato de a família do juiz Marcelo Bretas atuar no ramo de bijuterias. Na sequência, o magistrado retrucou que entendia a citação como uma possível ameaça, e o depoimento foi suspenso por cinco minutos. Ao final da audiência, o procurador Sérgio Pinel fez o pedido de transferência. Bretas, então, determinou que a mudança fosse realizada.

EXTRA

www.blogclaudiooliveira.com

O seu portal de notícias!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

FAÇA UMA PESQUISA NO BLOGUE