[Notícias][6]

Bolsonaro defende cota social para concursos e universidades públicas

Foto: Raoni Silva/G1

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, defendeu nesta segunda-feira (27) uma mudança no sistema atual de cotas para negros em universidades e concursos públicos com a adoção de cotas sociais, para pessoas com menor poder aquisitivo.Bolsonaro visitou nesta segunda o Mecadão de Madureira, na Zona Norte do Rio de Janeiro. O mercado é um dos maiores centros de comércio popular da cidade. O ato de campanha foi o primeiro de Bolsonaro no Rio, capital do estado pelo qual foi eleito deputado federal por sete vezes consecutivas.

“Eu sou contra a forma de cotas que está aí, que prejudica o próprio negro. Você bota cota para negros, a princípio quais negros têm mais facilidade de passar em concurso ou então ser admitido em vestibular? O negro filho de negro bem de vida. A minha cota é social, eu defendo a cota social. A racial, não”, afirmou o presidenciável durante a visita ao mercado.

Bolsonaro deu a declaração após ser questionado sobre o julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF), previsto para esta terça (28), de uma denúncia em que o deputado é acusado de racismo. Cabe ao ministro Alexandre de Moraes, presidente da Primeira Turma, pautar o caso. Se a maioria do colegiado aceitar a denúncia, Bolsonaro vira réu e vai responder a uma ação penal.

Na entrevista, o candidato do PSL foi perguntado se estaria preocupado com o julgamento. E respondeu: “Não é racismo não. É racismo, xenofobia, misoginia, homofobia, tudo que você possa imaginar. Ataque a índios, por onde você quer começar? Eu não estou preocupado, é lógico que é intenção de criar um fato político. A intenção de gente em criar fato político”.

G1


www.blogclaudiooliveira.com

O seu portal de notícias!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

FAÇA UMA PESQUISA NO BLOGUE