[Notícias][6]

Juízes do RN recebem R$ 63,4 mil por mês

TJRN melhorou o seu índice de produtividade em relação a 2016. Hoje é o 3º melhor tribunal de pequeno porte do BrasilOs juízes e desembargadores da Justiça Estadual do RN recebem, em média, R$ 63.449 por mês. Isso coloca o Tribunal de Justiça do Estado como quarto, entre os TJs de todo o país, que mais tem despesas com magistrados. O dado supera a média nacional, que é de R$ 49.780. Os gastos com servidores do TJRN também ganharam destaque: eles recebem mensalmente, em média, R$ 18.473, deixando o estado potiguar na segunda posição nacional.

Por outro lado, o RN possui o tribunal que mais demora para dar baixa em sentenças em 1º grau em todo o país, num tempo médio de 10 anos e 11 meses. Os dados são do relatório “Justiça em Números”, divulgado nesta segunda-feira (27) pelo Conselho Nacional de Justiça, que leva em consideração a atuação dos tribunais em todo o país no ano de 2017.

De acordo com o relatório, o tempo médio para que uma sentença no 1º grau seja julgada é de 10 anos e 11 meses, sendo o maior tempo em todo o país. Para se ter uma ideia, o segundo colocado entre os TJs é o Tribunal do Piauí, que leva a metade do tempo: 5 anos e dois meses. Já na resolução dos casos no 2º grau, o RN ainda figura nas primeiras posições no tocante ao tempo médio da sentença: um ano e um mês é o período em que o processo fica no TJ. Neste caso, o TJRN fica atrás do Pará (1 ano e 11 meses), Piauí (1 ano e 8 meses), Ceará e Santa Catarina (1 ano e 4 meses). Pernambuco (1 ano e 2 meses) e Roraima (1 ano e 1 mês) se igualam ao RN.

No tocante às despesas médias mensais com magistrados, o Rio Grande do Norte ocupa a 4ª posição nacionalmente, atrás apenas de Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e Tocantins. Já com os servidores, o estado potiguar figura na 2ª posição no ranking nacional, atrás apenas do Distrito Federal.

As informações são da Tribuna do Norte – Matéria completa AQUI

www.blogclaudiooliveira.com

Aqui você fica bem informado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

FAÇA UMA PESQUISA NO BLOGUE