[Notícias][6]

Tomada com Wi-Fi deixa sua conta de luz mais barata

As tomadas inteligentes prometem mais segurança e comodidade no uso, visto que é possível controlá-las via Internet. O aparelho Wi-Fi pode até ajudar a economizar energia elétrica, ao monitorar o seu consumo diário. Disponíveis no Brasil com o preço aproximado de R$ 150, as “smart tomadas” podem ser usadas em residências conectadas com plataformas IoT (Internet das Coisas), ou mesmo em espaços que ainda engatinham na adoção da tecnologia.Quer saber se vale a pena comprar uma tomada inteligente? Abaixo, entenda a ideia por trás do dispositivo, saiba como funciona e suas vantagens. Conheça também alguns modelos disponíveis no mercado nacional.

Tomadas usam a Internet e agregam funcionalidades diversas (Foto: Divulgação/TP-Link)

Como funciona?

Tomadas inteligentes podem ter vários designs diferentes, mas, em geral, o tipo mais comum consiste em um adaptador que você conecta na tomada comum da parede. Dessa forma, para ligar algum dispositivo na saída de energia, você terá que conectá-lo na tomada “smart”.

As tomadas inteligentes funcionam com Internet e se conectam ao Wi-Fi da sua casa. Assim, elas oferecem diversas funcionalidades que podem variar bastante de modelo para modelo. O acesso, o controle e os recursos das tomadas ocorrem por meio de aplicativos para celulares próprios de cada marca. Alguns aparelhos oferecem suporte a plataformas integradas, como a Alexa da Amazon, o Google Home, entre outros.

Funcionalidades
Tomadas permitem controle remoto e acompanhamento do consumo por meio de app e Internet (Foto: Divulgação/TP-Link)

Embora diferentes tomadas possam apresentar funções diferentes, há um conjunto de características que é mais ou menos comum, independente da marca. Há modelos que permitem a criação de mapas de uso, com horários e perfis de utilização. O objetivo é determinar a hora certa em que a tomada deve parar de fornecer energia. Um exemplo prático da tecnologia seria para controlar o horário das crianças – assim, os pais determinam uma hora fixa em que a tomada deve parar de fornecer energia para a TV, por exemplo.

O caminho contrário também é possível. Ao usar os recursos, você pode escolher a hora exata para que uma tomada específica libere energia para uma cafeteira automaticamente, por exemplo. Dessa forma, a funcionalidade poderia agilizar o seu café da manhã.

Por meio dos apps de controle, também é possível controlar o dispositivo manualmente – sem regras e perfis de uso – de forma remota. Assim, o usuário consegue ativar ou desligar aparelhos de sua casa à distância, simplesmente cortando a energia de cada um deles.

Todas as funcionalidades acima estão disponíveis na I9Plug, uma tomada brasileira. Com aplicativo próprio, disponível para Android ou iPhone (iOS), a tomada protege seus dispositivos de sobrecargas com a presença de um fusível e possibilita que você instale diversas unidades pela casa, controlando todas pelo mesmo app.

Há também exemplos de funções de segurança, como controle de temperatura, em que a tomada observa o calor gerado por algum dispositivo e pode até mesmo interromper o fornecimento de eletricidade para evitar acidentes. Outro caso típico é um tipo de “modo ausente”, que faz com que dispositivos e luzes de sua casa sejam acionadas e desligadas de forma aleatória quando ninguém está na residência. A ideia é passar a impressão de que tem gente em casa, desencorajando a ação de ladrões.

Embora sem o design minimalista das rivais importadas, tomada I9Plug brasileira tem bons recursos e app próprio (Foto: Divulgação/I9Plug)

Além disso, as tomadas inteligentes mais caprichadas podem ter compatibilidade com assistentes de voz, como a Alexa da Amazon, com possibilidade de acionamento por voz. Um exemplo desse tipo de dispositivo é a DSP-W215, da D-Link.

Além de funcionar com comandos de voz interpretados pela Alexa, o modelo oferece app de controle e conta com funções de segurança contra superaquecimento. Outro recurso interessante é o monitoramento de consumo para ajudar você a melhorar seus hábitos e diminuir a conta de energia no fim do mês.

E a conta de energia?

Todas as funcionalidades anteriores são interessantes e podem se encaixar bem na rotina de quem vive em uma casa conectada. Apesar disso, um dos recursos mais atrativos é o mapeamento de consumo elétrico, com direito a relatórios de desempenho e perfis de economia de energia. O usuário pode economizar com uma série de funcionalidades que prometem forçar boas práticas de economia, como desligar sempre aparelhos sem uso, entre outros.

À venda no Brasil?

É possível encontrar tomadas inteligentes à venda no Brasil. Muitos modelos são importados e vendidos em kits. Vale lembrar que existem diferentes funcionalidades em cada modelo – nem todos os aparelhos contam com todos os recursos que apresentamos anteriormente.

No país, a Broadlink é quem oferece o catálogo mais variado de opções. Uma dessas é a SP2, à venda por preços na faixa dos R$ 150, e que se distingue principalmente por oferecer saída de energia no padrão brasileiro. Mais simples, a SP2 não é compatível com a Alexa e tem um conjunto de recursos mais básico.

A I9Plug é nacional e mais completa, com suporte à agendamento de horários para ligar e desligar dispositivos, além de contar com app próprio. O produto é vendido por R$ 149. Outra opção é a Sonoff, compatível com Alexa, Nest e Google Home.

G1, via Techtudo

www.blogclaudiooliveira.com

O seu portal de notícias!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

FAÇA UMA PESQUISA NO BLOGUE