Contam ao blogue que:
A situação está preta para a Rádio Solidariedade (106 FM), de Caicó, que é controlada pelo prefeito ‘substituto’ de Carlos Eduardo Alves em Natal, Álvaro Dias. Os salários dos profissionais estão atrasados, dizem, que há quatro meses. Já tem funcionário que não está indo trabalhar. Além do que, os bens da fundação que é mantenedora da emissora estão bloqueados, informou uma fonte ao blogue do Xerife.

0 Comentários