Pacientes de 'dieta livre' estão sem a última refeição
Foto: crédito não identificado

A falta de servidor terceirizado ocasionou a suspensão da ceia para um grupo de pacientes do Hospital Regional Tarcísio Maia. O problema persiste desde a sexta-feira passada (22).Os chamados "pacientes de dieta livre" não têm recebido o lanche pós-janta. Geralmente, é servido um copo de leite, suco ou mingau.

Segundo a chefe de nutrição da unidade, Leodise Cruz, o ideal é que haja três copeiras no período noturno, mas atualmente só tem uma, devido a pedidos de aposentadoria em massa. "Há uma licitação que prevê a contratação de mais copeiras, mas está emperrada por pedidos de impugnação", afirma.

O Hospital Tarcísio Maia serve seis refeições diárias aos seus pacientes. Um total de 1.300 refeições/dia.

SauloVale

0 Comentários