O técnico Tite celebrou bastante a resposta da seleção brasileira no segundo tempo diante da República Checa, nesta terça-feira. Vinda de um empate decepcionante com o Panamá e de uma etapa inicial ruim em Praga, a equipe conseguiu evoluir após o intervalo para buscar a vitória por 3 a 1 no amistoso, de virada.“Foi ruim o primeiro tempo. O começo até foi bom, equilibrado. Depois, do meio para o final, a equipe errou muito passe, não conseguiu jogar bem. No segundo tempo, com as mudanças, a equipe cresceu e criou mais oportunidades. Fez um grande segundo tempo”, comentou.

Diante da oscilação nestes compromissos, o treinador foi perguntado se esta era a seleção que ele queria para a Copa América. Sem pestanejar, respondeu: “Eu quero o Brasil do segundo tempo”.

(Veja mais…)

0 Comentários