Foto: Divulgação/Prefeitura do Natal

A Guarda Municipal do Natal (GMN) interrompeu na tarde desse domingo (07), um evento com utilização de paredões de som automotivo que estava sendo realizado na Avenida Itapetinga, zona Norte da cidade. O evento contava com a presença de dezenas de pessoas e cerca de 10 paredões de som estavam funcionando na via pública.Além de viaturas de patrulhamento do Grupamento de Ação Ambiental (GAAM) e da Ronda Saúde (RondaS), ambas da GMN, foi necessário mobilizar apoio da Polícia Militar e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb). A intervenção resultou na notificação dos responsáveis e na apreensão de três paredões de som, que foram levados ao setor de apreensão da Semurb.

De acordo com informações repassadas pela coordenadora do Gaam/GMN, Francineide Maria, a ação conjunta se deu após as câmeras de videomitoramento detectarem que havia uma interdição no trânsito da Avenida Itapetinga. Com isso, o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) acionou as viaturas de área, sendo as primeiras a chegar no local a RondaS da GMN e dois patrulheiros do Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE). “Devido a grande quantidade de pessoas foi solicitado via rádio prioridade, para que mais viaturas viessem ao local para ajudar na autuação dos responsáveis e na apreensão dos equipamentos de som”, explicou.

Durante a ação, os guardas municipais e policiais militares abordaram suspeitos que passaram por revista pessoal no sentido de localizar arma de fogo, drogas e identificar possíveis foragidos. Os equipamentos foram apreendidos pelos fiscais da Semur, que também aplicaram multas aos proprietários em valores que chegar a R$ 2950,30.

A coordenadora do Gaam/GMN, ainda ressaltou que o principal objetivo da ação é combater a poluição sonora e a perturbação do sossego. “É preciso que o cidadão se conscientize que a utilização do paredão de som em via pública é crime ambiental e vale ressaltar que realizamos a fiscalização e atendemos as denúncias via Ciosp, pelo número 190, e também quando estamos em patrulhamento e for observando a utilização dos equipamentos em desacordo com a lei”, comentou.

Denúncias podem ser encaminhadas pela população pelo telefone da Ouvidoria do Município, no 3616-9829 de segunda a sexta das 8h às 14h ou a noite e fins de semana pelo 190.

0 Comentários