O corpo da menina de 11 anos que estava desaparecida em Rolândia, no norte do Paraná, foi encontrado na tarde deste domingo dia 28.A informação foi confirmada pela própria mãe dela, Jéssica Pires, em uma postagem em uma rede social.

A criança Eduarda Shigematsu desapareceu na quarta dia 24. De acordo com o Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas (Sicride), a criança foi para a escola de manhã, voltou para casa, deixou a mochila no sofá e não foi mais vista.

O corpo foi encontrado enterrado nos fundos de uma casa após uma denúncia anônima ser feita à Polícia Militar.

Ricardo Seidi, pai de Eduarda, confessou ser o autor da morte da filha. O corpo da criança foi encontrado com as mãos e os pés amarrados nos fundos da casa dele, na rua Manoel Carreira Bernardino, em Rolândia.

Preliminarmente, a garota pode ter sido morta por meio de asfixia, mas um laudo detalhado do IML vai apurar se também não houve abuso sexual.

O pai tinha a guarda da criança, que também sempre visitava a casa da mãe, que era separada de Ricardo. O homem foi preso no local e deve prestar depoimento ainda hoje.

Ainda será investigado se houve abuso sexual antes do assassinato.
FONTE: PORTAL CANTU

0 Comentários