Em meio à divulgação em suas redes sociais da programação do Mossoró Cidade Junina (MCJ) 2019, a municipalidade convive com críticas e cobranças.

Uma em especial ficou estampada na página Fanpage do evento, assinada por Reijani Aires.

- É com muita tristeza que venho dizer que este ano o Pau-de-arara Eletrônico não vai sair. Ano passado não pagaram o meu pai que é o proprietário do misto. Estão devendo até hoje.Ela é filha de Raimundo de Freitas Nunes, o “Raimundinho do Misto”, originário da região do Vale do Jaguaribe no Ceará, que se notabilizou por fazer transporte de pessoas e cargas durante décadas, entre essa área cearense e Mossoró.

Na programação do MCJ, por vários anos foi implementada a atração do Pau-de-arara Eletrônico. É uma espécie de boate rodante sobre o chassi do velho caminhão de Raimundinho.

Pau-de-arara eletrônico resgatava história com diversão para participantes de festa (Foto: Web)

Turistas e participantes diversos da festa circulavam por ruas do centro da cidade ao som de música nordestina/de boate.

Nota do Blog – Paralelamente, não se tem notícia de qualquer atração nacional com altos cachês, que tenha feito show e não tenha recebido seu devido pagamento.

De CarlosSantos

0 Comentários