A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, nuvem, céu, atividades ao ar livre e naturezaNesta quinta-feira (18), aconteceu a despesca do projeto de produção de tilápias em tanques lonados no assentamento Planalto, localizado em Porto do Mangue, e distribuição de peixes na zona rural.A imagem pode conter: 2 pessoas, atividades ao ar livre e comida
A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, nuvem, céu, atividades ao ar livre e natureza

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, criança, atividades ao ar livre e água

Nenhuma descrição de foto disponível.

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, atividades ao ar livre e comida

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé, árvore, atividades ao ar livre, natureza e água

O projeto é uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Porto do Mangue, EMATER e COOAPESCA com 8 famílias de assentados que estiveram engajados diretamente com a produção de tilápias.Uma produção que ficou dividida em quatro viveiros, sendo que cada viveiro contém cerca de 900 peixes. Isso representa uma média de 700 kg de peixe por viveiro.

Cerca de 700 famílias das comunidades de Planalto, Carajás, Rio Doce, Brilho do Sol I e II, Ligação e Logradouro serão beneficiadas com a distribuição de tilápias. O projeto foi 100% custeado pela Prefeitura Municipal de Porto do Mangue, através da Secretaria de Agricultura e Pesca. Apenas a mão-de-obra ficou a cargo das 8 famílias integrantes do projeto. Estiveram presentes na despesca o prefeito Sael Melo; o secretário de Agricultura e Pesca, Flávio Felipe; o presidente da COOAPESCA, Canindé Lima; e a técnica extensionista da EMATER, Patrícia Lopes.

A despesca ainda contou com a cobertura da TCM. A equipe de jornalismo da TCM também compareceu para fazer uma reportagem sobre o projeto de tilápias no assentamento Planalto. A matéria será apresentada às 8h30 no programa Viva Rural da TCM que poderá ser assistida ao vivo através do site da TCM.

Por Julysson Charles
PontualPM

0 Comentários