O Palmeiras volta a jogar no sábado, contra o Internacional, às 19h (de Brasília), no Allianz Parque — Foto: César Greco/SEP

CSA e Palmeiras empataram por 1 a 1 nesta quarta-feira, no Estádio Rei Pelé, em Maceió. Os reservas do Verdão abriram o placar com um golaço de Raphael Veiga, mas depois deixaram o ritmo cair muito e sofreram o empate na etapa final, em tento anotado por Matheus Sávio.O Palmeiras volta a jogar no sábado, contra o Internacional, às 19h (de Brasília), no Allianz Parque. Já o CSA recebe o Santos, domingo, às 16h.

Mesmo apenas com suplentes – à exceção do titular Deyverson -, o Palmeiras dominou o primeiro tempo. A maior pressão alviverde, porém, aconteceu nos primeiros 15 minutos, e surtiu efeito aos oito.

Raphael Veiga abriu para Hyoran na esquerda. O meia foi à linha de fundo, esperou e devolveu para o companheiro, que apareceu livre no meio da área para acertar um lindo chute de primeira e anotar um golaço.

Diferente do que fez nas duas últimas partidas, entretanto, goleadas por 4 a 0, o Verdão adotou a postura de segurar o jogo estando na frente do placar. A equipe palestrino chegou a mais de 60% de posse de bola, mas sem objetividade.

O CSA, por sua vez, assustou em apenas uma jogada, quando Matheus Sávio, que havia acabado de entrar, acertou bela cobrança de falta na trave.

Na etapa final, a postura pouco agressiva do Palmeiras permitiu ao time mandante o empate. Aos 17 minutos, Madson cobrou escanteio para o meio da área, Matheus Sávio tentou a finalização, a bola explodiu em Deyverson e voltou para o meia, que mandou para as redes.

Na reta fina da partida, Felipão apostou nos velozes Felipe Pires e Carlos Eduardo. O Palmeiras melhorou um pouco, mas os dois atacantes erraram quase tudo que tentaram e o Verdão não fez o suficiente para chegar ao segundo gol.

Gazeta Esportiva

0 Comentários