Declaração é parte de uma série de informes confidenciais vazados e publicados pelo jornal 'Mail on Sunday' que já provocou a demissão de Kim Darroch
Por AFP
access_time13 jul 2019, 22h44more_horiz

Barack Obama e Donald Trump (Nam Y. Huh - Mark Humphrey/AP)

Para o ex-embaixador britânico nos Estados Unidos Kim Darroch, Donald Trumpretirou seu país do acordo nuclear iraniano porque o mesmo estava associado a seu antecessor Barack Obama, segundo documentos diplomáticos publicados pela imprensa.“O governo aposta em um ato de vandalismo diplomático, ao que parece por razões ideológicas e de personalidade. Era o acordo de Obama”, escreveu Darroch em um telegrama diplomático, em maio de 2018.

O documento faz parte de uma segunda série de informes confidenciais vazados e publicados pelo jornal “Mail on Sunday”. A primeira provocou a demissão de Darroch na última quarta-feira.

Em maio de 2018, o então chanceler britânico, Boris Johnson, visitou Washington para tentar convencer o presidente americano a não retirar os Estados Unidos do acordo com o Irã, assinado em 2015. Em um telegrama enviado depois, Darroch dá conta das divisões na equipe de Trump envolvendo esta decisão, e critica a ausência de estratégias a longo prazo da Casa Branca.

VEJA

0 Comentários