Foto: via Sismos do Nordeste

No último sábado, 10 de agosto, os norte-rio-grandenses foram surpreendidos pela notícia de que novos tremores de 4.1° e 5.1° grau de magnitude na Escala Richter foram registrados no Oceano Atlântico, a aproximadamente 1.400 km de distância do litoral potiguar, de acordo com as informações do Laboratório Sismológico (LabSis), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Eventos sísmicos nessa região são comuns, pois se trata de uma zona de borda de placas tectônicas, mas terremotos de maior magnitude são relativamente raros no país, a ponto de muitos projetos de engenharia não levarem em conta a norma brasileira de projetos de estruturas resistentes a sismos (NBR 15421), que desempenha um papel fundamental na mitigação de efeitos e redução das perdas financeiras e humanas.

Para atualizar os profissionais sobre a temática, o Departamento de Arquitetura da UFRN oferece a palestra gratuita A análise de riscos sísmicos em estruturas civis no próximo dia 15 de agosto, das 18h45 às 20h30, no Setor de Aulas IV (sala a ser confirmada), com apresentação do tema e estudo de casos, seguidos de um debate sobre a problemática. As inscrições podem ser feitas aquie outras informações podem ser obtidas através do e-mail petrus.nobrega@gmail.com ou ainda pelo telefone (84) 3215-3721.

Com informações da UFRN

0 Comentários