O professor e advogado Valderi Idalino da Silva Tavares, impetrou nesta quinta, 14/08, na 3ª Comarca de Pau dos Ferros, Ação Popular Preventiva em que postula liminarmente imediata anulação do anunciado front stage (espaço da frente), então anunciado, dia 12/08, pelo Prefeito de Pau dos Ferros.
Na ação judicial que tramita sob o nº 0802327-88.2019.8.20.5108, o professor alega que o prefeito Leonardo Rego, age sem base legal ao promover administrativamente arrecadação de dividendos com a venda de frontstage (palco dianteiro) durante os dias de culminância festiva da 23ª FINECAP – Feira Intermunicipal de Educação, Cultura, Turismo e Negócios do Alto Oeste Potiguar, afirma também que, entre outros, provocará a segregação socioeconômica dos participantes do evento festivo, intentará contra a Dignidade Humana dos administrados, se opõe ao Princípio da Generalidade/Universalidade e Continuidade do Serviço Público, além da própria Supremacia do Interesse Público, a qual não comunga com esse tipo de discriminação social fazendo diferenças entre ricos e pobres, haja vista que contradiz os objetivos da TRADIÇÃO do Evento reconhecido por força de Lei Mun. nº 1.508/2015 como patrimônio imaterial do povo.

Jornal Folha Regional

0 Comentários