Nós todos estamos suscetíveis as mais variadas pancadas da vida. Pode ser a rasteira de alguém que confiamos, o desafeto de alguém que amamos ou a desilusão de um sonho não realizado. São mágoas que apertam nosso coração, pesam no nosso peito, e nos afogam em uma tristeza que pode virar uma forte depressão. Mesmo porque nos sentimos impotentes diante da covardia dos outros ou das fatalidades do destino. São coisas que não podemos controlar. E isso pode causar uma reação bem negativa:

A revolta. É quando ficamos presos à sensação de injustiça. Remoemos o ocorrido, odiamos a todos, à vida. Queremos acerto de contas, vingança. Nos desequilibramos em busca de uma compensação pelo revés que sofremos. A não aceitação vira uma bola de neve de sentimentos negativos dentro da gente que gera, então, uma sequência de atitudes equivocadas, destrutivas, pior, autodestrutivas. Entramos em um caminho ruim, escuro e pesado.


NÃO DORMIMOS, NÃO NOS DAMOS BEM COM NINGUÉM, TUDO VIRA UM PROBLEMA PORQUE VIVEMOS, A CADA MINUTO, REFORMULANDO O QUE SOFREMOS, MESMO SABENDO QUE NÃO TEM COMO VOLTAR NO TEMPO, QUE O PASSADO É IMUTÁVEL.

(mais…)

0 Comentários