Eduardo Bolsonaro disse estar “confiante” de que seria aprovado pelo Senado para a embaixada do Brasil em Washington
caso a sabatina fosse hoje, relata O Globo.
“Eu não contei os votos, mas meu instinto, meu faro, e a conversa que estou tendo com os senadores têm sido positivos –inclusive de senadores que não declararam votos, aqueles neutros e indecisos”, afirmou o deputado federal.

Jair Bolsonaro ainda não efetivou a indicação do filho para a embaixada porque espera ter segurança de que obterá os votos necessários.

Durante almoço com jornalistas, o presidente sugeriu que só indicará o deputado após a viagem que pretende fazer à ONU, em Nova York, em 24 de setembro.

O Antagonista

0 Comentários