O Ministério Publico precisa abrir a caixa preta da FINECAP, principalmente da venda dos camarotes. Foram mais 60 camarotes negociados ao preço de R$ 3.000,00 ou seja um total de 180.000,00 apurados.A FINECAP um patrimônio do povo de Pau dos Ferros aos poucos vai se tornando um negócio viável para alguns “Inteligentes”, essas pessoas estão “Ganhando” muito dinheiro através da FINECAP e se “dando” bem as custas da festa realizada pelo município.

Segundo um empresário a FINECAP 2019 deixará de lucro somente nos camarotes de aproximadamente R$ 180.000,00 alertou o empresário que pediu para seu nome fosse resguardado. Os camarotes foram negociados com uma pessoa que não é funcionário da prefeitura, ele era quem recebia o dinheiro e repassava os acessos.

Em 23 anos da Finecap ainda não tenho conhecimento do destino desse dinheiro, inclusive no ano passado houve uma grande briga nos bastidores, descobriram que o negócio dos camarotes era muito rentável e quiseram “Associar-se”. Essa briga se deu entre o inteligente chefe de gabinete e Arrhenius Pedro. segundo informações.

“Nós negociamos o nosso camarote com a pessoa de Kaká e pagamos o dinheiro a ele no valor de R$ 3.000,00 (Três Mil Reais) e ele que nos repassou todos os acessos que tínhamos direito”. relatou nossa fonte que ainda ficou de nos apresentar um recibo de pagamento preenchido supostamente com a letra e o nome dessa pessoa que todos conhecem por Kaká.

Caso isso seja verdade é mais um grande escândalo dentro da gestão do prefeito Leonardo Rêgo.

Os camarotes segundo apuramos rendeu aproximadamente R$ 180.000,00 (Cento e Oitenta Mil Reais). Foram vendidos sessenta camarotes ao preço de R$ 3.000,00 (três Mil Reais).
Onde está esse dinheiro? Porque essa pessoa que não trabalha na prefeitura é quem administra?

Com a palavra a prefeitura de Pau dos Ferros.

JornalFolhaRegional

0 Comentários