Sete em cada 10 pessoas não estão preparadas para imprevistos financeiros. Essa é a realidade mostrada na pesquisa realizada em agosto pelo Indicador de Bem-Estar Financeiro.
A pesquisa também indicou que a população acima de 50 anos é a que tem melhor controle nessa questão.
A pesquisa ainda sinaliza outra realidade preocupante: 60% dos brasileiros chegam ao fim do mês sem sobras de dinheiro; 29% conseguem, às vezes, fazer uma reserva; e apenas 10% guardam sempre ou frequentemente alguma quantia. Já 22% temem que o dinheiro não dure. Comparado a julho, o índice cresceu 0,9 ponto.

Para o educador financeiro do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) José Vignoli, tradicionalmente o brasileiro não se planeja financeiramente. Segundo ele, é somente quando vem o imprevisto que as pessoas se dão conta disso. “As pessoas reclamam que não têm recursos, mas nunca pensaram em ter uma reserva. Quando tem uma renda maior, não reservam uma poupança, então quando tem o imprevisto surge essa dificuldade”, afirmou.
RP

0 Comentários