Crédito da foto: Rener Pinheiro / CBFA competição passa de 16 para 26 datas. O início será no dia 3 de maio e a final em 22 de novembro

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta quinta-feira, 3, o calendário de competições profissionais masculinas para o ano de 2020. O documento apresenta mudanças importantes, que vão desde a paralisação das competições nas Datas FIFA, até a introdução de uma nova competição, a Supercopa do Brasil, reunindo os campeões da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro deste ano.A CBF explica que o calendário do próximo contempla uma reivindicação de clubes da Série D, que era o aumento do número de datas da competição. A competição passa a ser disputada por 64 clubes, em sua fase principal, sendo precedida por uma fase preliminar que movimentará oito clubes.

Estes serão divididos em oito chaves, com jogos de ida e volta. Os quatro melhores de cada grupo se classificam para a segunda fase, totalizando 32. Estes se enfrentam em confrontos eliminatórios até a definição do campeão.

A competição passa de 16 para 26 datas. O início será no dia 3 de maio e a final em 22 de novembro. Vale lembrar que nos últimos anos o torneio finaliza em meados de agosto.

O Rio Grande do Norte terá quatro representantes na Série D em 2020. O América, que disputou a competição nesse ano e não conseguiu o acesso para a Terceirona e conseguiu a vaga para a 4ª divisão por conta do título Estadual, o Potiguar, pelo índice técnico no certame estadual, e ABC e Globo, rebaixados da Série C para D.

De Fato

0 Comentários