A reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Assembleia do RN na manhã desta quarta-feira (30) foi de clima acirrado.Quando se apreciava o projeto de lei, de autoria do Governo do Estado, que dispõem sobre a revisão do subsídio mensal dos procuradores do Estado, onde o deputado Nelter Queiroz (MDB) apresentou uma emenda para que o reajuste fosse estendido a todos os servidores do Estado.

Ao justificar que por uma questão de justiça, votaria a favor da emenda de Nelter, o deputado Coronel Azevedo (PSC) foi rebatido pela deputada Isolda (PT).

O Coronel Azevedo disse que o PT era um partido de corrupto.

“Lave a boca para falar mal do PT”, rebateu Isolda.

Coronel Azevedo continuou as críticas ao PT e citou até a delação de Palocci, quando saiu da sala rápido e depois voltou.

A deputada continuava discursando…

“Vossa excelência está excitada”, rebateu o Coronel.

Isolda aumentou o tom e disse que o deputado praticou quebra de decoro parlamentar ao dizer que ela estava “excitada”.

Foi quando o Coronel Azevedo olhou o dicionário e disse que “excitada” tinha significado também de “exaltada”.


Por Heitor Gregório

0 Comentários