Os policiais penais do Rio Grande do Norte – novo nome dado aos agentes penitenciários a partir da promulgação da Emenda Constitucional 104/2019 – começaram nesta quarta-feira, 4, um acampamento em frente à Governadoria, no Centro Administrativo do Estado.O ato é um protesto batizado de “Operação Segurança Acima de Tudo”, que acontece em todas as unidades prisionais. Isso significa que apenas serviços essenciais estão sendo realizados desde o início desta manhã nas unidades, como fornecimento de alimentação, urgências médicas, cumprimento de alvará e prerrogativas advocatícias.

A categoria cobra do governo estadual o envio, à Assembleia Legislativa, da reforma estatutária construída na Comissão de Negociação, elaborada pelo próprio governo.
RP

0 Comentários