Resultado de imagem para greve por tempo indeterminadoOs servidores municipais da saúde de Natal iniciaram uma greve geral ontem (2). Aderiram ao movimento enfermeiros, fisioterapeutas, técnicos de enfermagem, dentistas e as demais especialidades que atendem na saúde do Município.Com fechamento de serviços da atenção básica e o funcionamento apenas parcial dos serviços de unidades 24h, todas as unidades de saúde do município de Natal, (Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidades de Pronto Atendimento (UPA), Hospitais e Maternidades) aderiram ao movimento grevista.

Motivo, segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Saúde (Sindsaúde), tem de sobra de sobra. De acordo com eles, a Prefeitura do Natal se nega a receber os representantes sindicais, a aplicar a Lei da Data-Base e até mesmo a implementar direitos como os quinqüênios, mudanças de nível, adicionais, gratificações e decisões judiciais que beneficiam os trabalhadores.

Além das perdas econômicas, os servidores são obrigados a trabalhar em condições precárias e até improvisadas, sem medicações básicas, sob assédio moral e ameaçados pela violência urbana que adentra as unidades cotidianamente.
BlogdoBG

0 Comentários