Do: Portal do Oeste.com

Em ano de eleição de tudo acontece e quem busca um cargo público ou renovar o que tem não mede esforços. No município de Governador Dix-Sept Rosado, por exemplo, o ano eleitoral nem bem começou e o prefeito Antônio Bolota já abriu as portas da sua casa para o povo, com direito até a atendimento médico.
A medida tem sido exaltada pelos aliados políticos do prefeito. O problema é que ao abrir um “consultório” em sua própria casa, Bolota está assinando um atestado de incompetência.

A questão é simples. Se a população tivesse acesso a consultas nas Unidades Básicas de Saúde do município, como deveria ser, não haveria a necessidade de o prefeito recorrer a esse tipo de assistencialismo. Um vereador recorrer a esse tipo de estratégia em busca de voto é normal. Mas um prefeito, que tem a obrigação de garantir acesso aos serviços de saúde pública à população, é comprovação de fracasso da gestão.

Bolota recebeu R$ 30 milhões só em royalties nos seus três primeiros anos do seu mandato. Mesmo assim, para ter acesso a uma consulta, a população precisa ir a casa do prefeito e não a uma Unidade Básica de Saúde.

Fotos: Governador Aqui, Agora

0 Comentários