No dia 6 de setembro de 2018, o então candidato à presidência Jair Bolsonaro sofria um atentado gravíssimo ao levar uma facada de um militante do PSOL.Bolsonaro esteve entre a vida e a morte, passou por quatro cirurgias de risco e finalmente conseguiu se recuperar.

A esquerda debochou, fez ‘memes’, colocou em dúvida a veracidade da facada, enfim, fez (e continua fazendo) o diabo contra Jair Bolsonaro.

E o Vaticano?

Através de seu líder máximo, a igreja católica se calou … o Papa Francisco sequer enviou uma mensagem a Jair Bolsonaro, mesmo após ele ter sido eleito presidente da República.

Esse mesmo Papa, que comanda um estado com riquezas estimadas em mais de R$ 25 bilhões, receberá na próxima quinta-feira (13) ninguém menos que Luiz Inácio Lula da Silva, líder de um partido que saqueou o país.

Que tipo de líder religioso é esse? É somente uma pergunta.

RP

0 Comentários