Novo ministro do Desenvolvimento Regional do governo Jair Bolsonaro, o potiguar Rogério Marinho terá a responsabilidade de comandar uma pasta de extrema importância para o país. Para se ter uma ideia de sua dimensão, o Ministério possui um orçamento de R$ 16,7 bilhões.Entre as atividades do órgão estão, por exemplo, investimentos, despesas e gastos com seguridade social. A pasta comanda o programa “Minha Casa, Minha Vida” e o projeto de transposição do rio São Francisco. Para o Rio Grande do Norte, as obras da barragem de Oiticica também passam pelo órgão.

Estão vinculados ao Ministério comandado por Rogério a CBTU, Codevasf, Dnocs, Sudene, Agência Nacional de Águas, Sudam, Sudeco e Trensurb.

RP

0 Comentários