A Câmara dos Deputados acaba de aprovar o estado de calamidade pública por causa da pandemia do coronavírus. O texto agora segue para o Senado.A proposta permite que o Executivo gaste mais que o previsto e não precise respeitar a meta fiscal. O texto também cria uma comissão mista composta por seis deputados e seis senadores, para acompanhar os gastos.

Fonte: O Antagonista

0 Comentários