Foto: Marco Bello/Reuters

Sem apresentar provas, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta segunda-feira (09/03) em Miami, onde participava de um evento da comunidade brasileira, que “houve fraude” nas eleições de 2018 que o conduziram à Presidência da República.Para o ex-capitão do Exército, ele não deveria ter sido submetido ao segundo turno contra o petista Fernando Haddad porque foi “eleito no 1º turno”. O hoje presidente disse ter provas da acusação, mas não a forneceu nem revelou quando a apresentaria.

“Fui eleito em primeiro turno e, em meu entender, houve fraude. Precisamos aprovar no Brasil um sistema seguro de votos”, declarou.

Bolsonaro alcançou à Presidência após conquistar mais de 57 milhões de votos (55,1%) no segundo turno do pleito, contra contra 47 milhões (44,8%) de Haddad. Votos brancos somaram 2,14% e nulos superaram os 7,43%.

Com informações do Metrópoles e Agência Reuters

0 Comentários