Além dos serviços essenciais que estão com a energia cortada, problema atingiu até o cemitério público
Vários imóveis de prédios públicos no município de Patu amanheceram hoje(dia 9) sem energia elétrica. A falta de pagamento por parte da Prefeitura Municipal que resultou na suspensão do fornecimento atingiu até o cemitério público.

Postos de saúde, módulo esportivo, sede da Prefeitura Municipal e sede da Emater estão entre os órgãos púbicos prejudicados.

Através das redes sociais, a população de Patu está lamentando a situação, ao mesmo tempo em que pedem pressa para que a Prefeitura regularize o pagamento.

Além do prejuízo no atendimento ao público através dos órgãos citados, a população passa a temer, também, pela falta de segurança. Um dos pontos críticos é o cemitério, onde há informações de que marginais que exploram a área, encontram local perfeito para entrarem em ação, devido à escuridão.

“Um acontecimento desses é decepcionante, principalmente para a população de Patu,e para as pessoas mais carentes porque é quem vão sofrer ainda mais. Com o corte de energia de órgãos púbicos o cidadão é quem sofre, pois perde os serviços”, disse um popular, destacando que vê nesse contexto uma irresponsabilidade: “A falta de atenção ao mais carente, ao mais pobre”.

“A energia do posto de saúde Lourival Rocha também foi cortada? No bairro Nova Brasília”, Indagou em tom de lamentação outro internauta, ao complementar: “Meu Deus, tenha misericórdia dessa administração”.

Procurada pela reportagem, a Prefeitura não retornou para explicar os motivos do apagão e as providências que devem ser tomadas.
Fonte: Blog Gazeta do Oeste via: Jornal Potiguar.

0 Comentários